Procurar
Close this search box.
Investidor Prudente - melhores ações

Exelon – a maior “utility” americana em número de clientes

Bom dia, caro investidor.

A Exelon faz parte desta lista de empresas que pagam dividendos consecutivos há, pelo menos, 20 anos:

Download: ficheiro de excel com as empresas americanas e europeias (non-uk) que pagam dividendos há pelo menos 20 anos. Há quase 350 empresas com um valor de mercado superior a $10 B que pagam dividendos há pelo menos 20 anos consecutivos (algumas aumentaram o dividendo, outras diminuíram-no; a maioria já foi analisada no Prudente)

1. Apresentação

A Exelon (NASDAQ:EXC; ISIN: US30161N1019) é uma das maiores companhias de energia eléctrica dos Estados Unidos (em termos de receita já foi a maior), servindo aproximadamente 10 milhões de clientes através das suas 6 principais subsidiárias:

  • Atlantic City Electric (ACE) – Purchase and regulated retail sale of electricity; Transmission and distribution of electricity to retail customers.
  • Baltimore Gas and Electric (BGE) – Purchase and regulated retail sale of electricity and natural gas; Transmission and distribution of electricity and distribution of natural gas to retail
    customers.
  • Commonwealth Edison (ComEd) – Purchase and regulated retail sale of electricity; Transmission and distribution of electricity to retail customers.
  • Delmarva Power & Light (DPL) – Purchase and regulated retail sale of electricity and natural gas; Transmission and distribution of electricity and distribution of natural gas to retail
    customers.
  • PECO Energy Company (PECO) – Purchase and regulated retail sale of electricity and natural gas; Transmission and distribution of electricity and distribution of natural gas to retail
    customers.
  • Potomac Electric Power Company (Pepco) – Purchase and regulated retail sale of electricity; Transmission and distribution of electricity to retail customers.

Em número de clientes é mesmo a maior!

Em 2021, após a ter separado os negócios da geração de energia e criado uma outra companhia (a Constellation)…

Exelon Completes Separation of Constellation, Moving Forward as Nation’s Premier Transmission and Distribution Utility Company

… tornou-se “Pure-play T&D“, isto é, passou a actuar apenas na área da transmissão e distribuição de energia – que tem origem em várias fontes (nuclear, gás, eólica, hidroeléctrica e solar)…

Análise às acções da Exelon - segmentos

… – contando com o apoio de mais de 19.000 colaboradores.

A Exelon Corporation foi criada em Outubro de 2000 após a fusão da PECO Energy Company (fundada em 1902) com a Unicom Corporation (1907), controladora da Commonwealth Edison. Nos anos seguintes, foram realizadas várias fusões, aquisições e spin-offs, e hoje os segmentos operacionais da companhia estão divididos em 6, de acordo com as suas subsidiárias – ComEd, PECO, BGE, Pepco, DPL e ACE:

Análise às acções da Exelon - segmentos

Além destas 6 subsidiárias, a Exelon tem ainda uma sétima, a Pepco Holdings LLC (PHI), que presta serviços de suporte através de outros segmentos…

  • Pepco Holdings LLC (PHI) – Utility services holding company engaged, through its reportable segments: Pepco, DPL, and ACE

PHI also has a business services subsidiary, PHISCO, which provides a variety of support services at cost, including legal, finance, engineering, customer operations, distribution and transmission planning, asset management, system operations, and power procurement, to PHI operating companies. The costs of BSC and PHISCO are directly charged or allocated to the applicable subsidiaries.

… e que, em termos de receita, é bastante relevante, apesar da boa distribuição e diversificação que existe entre todos os segmentos:

Análise às acções da Exelon - segmentos

A Exelon gere bem as pressões inflacionárias, tem custos com as operações e manutenções abaixo do custo da inflação e consegue proporcionar aos clientes um serviço com um preço abaixo da média dos EUA.

2. Principais Accionistas

Além dos fundos do costume, temos como principal accionista uma gestora que tem mais de 1 trillion de activos sob gestão – a Wellington Management Company:

Análise às acções da Exelon - accionistas

3. Gráfico de Longo Prazo e Dividendos

Apesar de ainda não ter recuperado do topo histórico, atingido em 2008, a tendência da acção é ascendente…

Análise às acções da Exelon - gráfico de longo prazo

… e tenho registos de dividendos ininterruptos desde 1972:

  • Dividend yield (ttm) = $1,40 / $40,25 = 3,48%
  • Dividend yield (5y) = $1,45 / $40,25 = 3,60%

Análise às acções da Exelon - dividendos por acção

4. Evolução do Número de Acções e Valor de Mercado

As fusões e aquisições implicaram vários aumentos no número de acções em circulação…

Análise às acções da Exelon - valor de mercado

… e, como tal, o net payout yield deverá ser inferior ao dividend yield, como já veremos.

Apesar das cotações estarem abaixo do topo histórico (de 2008), o valor de mercado está no maior patamar de sempre ($40 B).

5. Informação Financeira

A receita mantém uma trajectória ascendente (a quebra de 2021 está relacionada com o spin-off da Constellation)…

Análise às acções da Exelon - receita

… mas o lucro líquido tem vindo a lateralizar desde há 15 anos:

Análise às acções da Exelon - lucro líquido

As margens de lucro são baixas, como é normal…

  • Margem bruta (5y): 30%
  • Margem líquida (5y): 9%

… e o retorno sobre o capital próprio está abaixo da mediana dos últimos 30 anos (que é de 11%) e abaixo do objectivo da companhia (de 10%):

  • ROE (5y): 7%
  • ROCE (5y): 4%

O «Net Debt / EBITDA» passou de 1,6x para 6,6x, entre 2009 e 2023 – o que é um pouco elevado, mesmo para uma public utility company -, embora a avaliação das agências de rating seja positiva…

Análise às acções da Exelon - rating

… e as maturidades da dívida sejam de muito longo prazo (o que é bom, considerando a alta inflação provocada pela expansão monetária do Fed):

Análise às acções da Exelon - dívida

6. Desenvolvimento

As necessidades dos clientes e as tendências do sector da Exelon continuam a suportar o crescimento do investimento…

Análise às acções da Exelon - investimentos

… e, como tal, espera-se que os lucros operacionais cresçam 6-9% até 2026. Considerando que a empresa distribui cerca de 60% dos resultados (payout ratio), os dividendos deverão crescer em linha com os lucros por acção até 2026 (6-8% ao ano), tal como previsto pelos analistas (7% CAGR):

Análise às acções da Exelon - analistas

Descontando a diluição provocada pela emissão de novas acções, a remuneração dos accionistas corresponde a $1,29 (que dá um yield de apenas 3,2%):

Análise às acções da Exelon - net payout yield

7. Conclusão

Após o spin-off de 2021, os accionistas da Exelon receberam uma acção ordinária da Constellation por cada três acções ordinárias da Exelon detidas no fecho do mercado a 20 de Janeiro de 2022. Apesar dessa separação ter provocado uma diminuição do capital próprio, as métricas históricas do price-to-book continuam válidas – não pretendo pagar mais do que o valor do capital próprio, que actualmente vale $25 por acção (perto da linha vermelha):

Exelon - a maior "utility" americana em número de clientes 1 | Investidor Prudente

Partindo do net payout de $1,29 por acção, para a acção produzir um yield de 6% as cotações teriam de cair abaixo dos $22. Colocarei aí um alarme na nossa Lista Completa de Acções para depois inspeccionar a empresa.

 

Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender acções.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objectivos de cada um Subscritores do Investidor Prudente.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Investidor Prudente e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Investidor Prudente. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Investidor Prudente.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

INICIAR SESSÃO