Best Buy, a sobrevivente!

Bom dia, caros investidores.

A Amazon levou à falência muitas retalhistas americanas e quase matou a Best Buy. Qual era o problema? Os clientes visitavam as lojas da Best Buy, escolhiam o produto e depois compravam na Amazon a um preço mais baixo. Após a nomeação do novo CEO (Hubert Joly) em 2012, as coisas começaram a melhorar – a empresa tornou-se mais eficiente, estabeleceu parcerias com as principais marcas (como a Apple, Microsoft, Samsung e até a própria Amazon) e realizou promoções do tipo «se encontrar mais barato, igualamos o preço»:

A estratégia de reestruturação (Building the New Blue) ainda se encontra a ser implementada e adaptada à realidade pós-pandémica (lojas ineficientes fechadas, investimento no segmento online, aquisições de negócios, etc.).

Apesar do número de lojas estar a diminuir…

Best Buy, a sobrevivente! 1 | Investidor Prudente

… as vendas por loja estão a aumentar:

Best Buy, a sobrevivente! 2 | Investidor Prudente

No último trimestre, o número de lojas aumentou, mas ainda é cedo para estabelecer uma tendência:

Best Buy, a sobrevivente! 3 | Investidor Prudente

1. Apresentação

A Best Buy é uma multinacional retalhista de produtos electrónicos com sede no Minnesota (EUA), fundada em 1966. Inicialmente, a empresa tinha uma actividade especializada em áudio e chamava-se “Sound of Music”, tendo sido rebaptizada para “Best Buy” em 1983, com o aumento da procura por produtos electrónicos de consumo.

Hoje, as lojas da Best Buy vendem computadores, telemóveis, televisões e até comida e serviços de saúde:

Best Buy, a sobrevivente! 4 | Investidor Prudente

Os seus segmentos comportam a actividade doméstica e internacional:

  • Domestic – é a actividade nos EUA sob as marcas Best Buy, Best Buy Business, Best Buy Express, Best Buy Health, CST, Geek Squad , GreatCall, Lively, Magnolia e Pacific Kitchen e Home, bem como os domínios bestbuy.com e greatcall.com.
  • International – todas as operações no Canadá e no México sob as marcas Best Buy, Best Buy Express, Best Buy Mobile e Geek Squad, bem como os domínios bestbuy.ca e bestbuy.com.mx.

Best Buy, a sobrevivente! 5 | Investidor Prudente

Como se vê pelos dados de Março de 2021, a maioria das lojas estão nos EUA…

Best Buy, a sobrevivente! 6 | Investidor Prudente

… e no Canadá…

Best Buy, a sobrevivente! 7 | Investidor Prudente

… sendo que as do México estão a desaparecer – em 24 de Novembro de 2020, a companhia anunciou a decisão de encerrar as suas operações no México.

A Best Buy compra a mercadorias a diversos fornecedores. No ano fiscal de 2021, os 20 maiores fornecedores representavam aproximadamente 80% da mercadoria adquirida, com cinco fornecedores a representar aproximadamente 57% do total – Apple, Samsung, Hewlett-Packard, LG e Sony. Geralmente, os contratos com os fornecedores são de curto prazo, mas alguns realizaram parcerias para a implementação do conceito store-within-a-store (espaços dentro da loja dedicados a certas marcas parceiras, como a Apple, Microsoft, Samsung, etc.):

Best Buy, a sobrevivente! 8 | Investidor Prudente

2. Principais Accionistas

Cerca de 84% dos investidores são institucionais (88% de free float):

Best Buy, a sobrevivente! 9 | Investidor Prudente

3. Gráfico de Longo Prazo e Dividendos

Após o falso head-and-sholders, formado em 2000-2010, a acção recuperou, mantendo a sua trajectória ascendente:

Best Buy, a sobrevivente! 10 | Investidor Prudente

O máximo histórico foi atingido em Maio de 2021:

Best Buy, a sobrevivente! 11 | Investidor Prudente

A empresa paga dividendos contínuos desde 2014:

Best Buy, a sobrevivente! 12 | Investidor Prudente

Nota: entre 2012 e 2014 houve uma alteração ao ano fiscal.

4. Evolução do Número de Acções e Valor de Mercado

Além de distribuir dividendos, recompra acções próprias…

Best Buy, a sobrevivente! 13 | Investidor Prudente

… de forma recorrente, desde 2006:

Best Buy, a sobrevivente! 14 | Investidor Prudente

À capitalização bolsista actual ($26 B), o buyback yield dos últimos 12 meses está em 6% (é alto… estará a acção barata?):

Best Buy, a sobrevivente! 15 | Investidor Prudente

5. Informação Financeira

A receita está quase a superar o máximo de 2010…

Best Buy, a sobrevivente! 16 | Investidor Prudente

… e os lucros anuais atingiram em 2021 o máximo histórico:

Best Buy, a sobrevivente! 17 | Investidor Prudente

Os prejuízos de 2012 foram motivados por imparidades no goodwill de $1,2 B relativas aos negócios na Europa (que já não existem), mas a receita e o lucro bruto até aumentaram:

Best Buy, a sobrevivente! 18 | Investidor Prudente

O balanço está imaculado, com $4 B em caixa a superar a divida financeira de curto e longo prazo:

Best Buy, a sobrevivente! 19 | Investidor Prudente

6. Desenvolvimento

O retorno sobre o capital da Best Buy é recorrentemente alto – um indício de vantagem competitiva:

Best Buy, a sobrevivente! 20 | Investidor Prudente

Apesar disso, não é uma vantagem competitiva considerada “duradoura”, pois a competição neste mercado é intensa. Como nos ensina Bruce Greenwald, nestas empresas devemos considerar apenas os activos e a capacidade de lucro actual, descartando o crescimento (o modelo dos fluxos de caixa descontados não é pau para toda a obra):

Best Buy, a sobrevivente! 21 | Investidor Prudente

Antes de mais, a empresa prevê um decréscimo nas vendas do 3º trimestre e um crescimento das vendas anuais…

Best Buy, a sobrevivente! 22 | Investidor Prudente

… tal como os analistas, que estão optimistas até 2026:

Best Buy, a sobrevivente! 23 | Investidor Prudente Best Buy, a sobrevivente! 24 | Investidor Prudente

O PER previsto para 2022 é de aproximadamente 11x e o net payout yield (média a 5 anos) deverá ficar perto dos 6%:

Best Buy, a sobrevivente! 25 | Investidor Prudente

Aparentemente, o preço está óptimo, mas a acção é volátil:

Best Buy, a sobrevivente! 26 | Investidor Prudente

Não consideraria uma compra acima da mediana do price-to-sales de 0,37x, ou seja, a $73,85 por acção, que ao EPS médio dos últimos 5 anos (sem factores não recorrentes) de $4,96 daria um PER de quase 15x.

Analisando o dividend yield, verifico que a melhor oportunidade de compra seria abaixo de $55 por acção…

Best Buy, a sobrevivente! 27 | Investidor Prudente

…que implicaria um bom net payout yield de 6,9%, considerando a média a 10 anos:

Best Buy, a sobrevivente! 28 | Investidor Prudente

7. Conclusão

Todos estes cálculos têm um certo grau de subjectividade, mas a orientação parece-me correcta – a Best Buy é uma boa retalhista de produtos electrónicos, capaz de enfrentar a fúria da Amazon, mas a sua vantagem competitiva não pode ser considerada “duradoura”, pois a competição é intensa. Como Investidor Prudente, consideraria os níveis de preço dados pela análise do dividend yield. Logo:

  • Compro abaixo de $55
  • Vendo acima de $129 (se desejar trocar a acção por outra mais barata de boa qualidade)

Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender acções.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objectivos de cada um Subscritores do Investidor Prudente.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Investidor Prudente e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Investidor Prudente. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Investidor Prudente.

ebook-guia-fiscal-do-investidor-em-acoes-2022

e-Book Grátis

Guia Fiscal do Investidor em Ações

Iniciar Sessão
Não tem conta?

Se ainda não tem conta de subscritor utilize esta opção para aceder ao formulário de registo.

Registe-se gratuitamente e aceda a conteúdo exclusivo.

ebook-guia-fiscal-do-investidor-em-acoes-2022
download ebook grátis

Guia Fiscal do Investidor em Ações

Preencha o seu IRS de forma simples e rápida com a ajuda deste ebook.