O Net Payout Yield é um dos rácios da análise fundamental que, como Investidores Prudentes, mais gostamos!
Já aprendemos que um dos destinos que as empresas podem dar aos seus lucros é o pagamento de parte deles sob a forma de dividendos. Aprendemos também que as empresas podem decidir recomprar ações próprias. Mas e se a empresa fizer ambos? Como quantificar o rendimento para o investidor?
É aí que entra o Net Payout Yield: somando o valor despendido em buybacks ao valor pago aos investidores em dividendos, dividindo pela capitalização bolsista, obtém-se o Net Payout Yield.
Ajudamos a compreender com um exemplo:
Suponha que uma empresa com 500 M€ de capitalização bolsista recomprar 50M€ em ações próprias e atribuir um valor de dividendo que corresponde a um Dividend Yield de 3%.
O Net Payout Yield será de: 10% de buybacks + 3% de dividend yield = 13%.
Partilhe com outros investidores
Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram

Artigos Relacionados

A melhor estratégia de investimento em acções

Como ensina Warren Buffett, Charlie Munger, Bruce Greenwald, entre outros, só há duas formas de superar (de forma sustentável) os índices de mercado a longo prazo. Conheça-as neste artigo.

Qual o valor intrínseco de uma acção - Investidor Prudente

Qual o valor intrínseco de uma acção?

Muitos subscritores questionam-nos acerca do valor intrínseco das acções publicadas no Prudente. Neste artigo, é tratada a abordagem do método do yield (net payout) – a remuneração que os accionistas recebem em forma de dividendos e buybacks.

Iniciar Sessão
Não tem conta?

Se ainda não tem conta de subscritor utilize esta opção para aceder ao formulário de registo.

Registe-se gratuitamente e aceda a conteúdo exclusivo.

ebook-manual-do-investidor-prudente-v2
download ebook grátis

O Manual do Investidor Prudente

Quer saber como proteger e fazer crescer as suas poupanças?