Investidor Prudente - melhores ações

Roche e o desafio dos biossimilares

Bom dia, caros investidores.

A Roche foi fundada há 125 anos, em 1896, por Fritz Hoffmann-La Roche, que produzia vários compostos vitamínicos e derivados, e hoje é uma das maiores farmacêuticas do mundo:

Roche e o desafio dos biossimilares 1 | Investidor Prudente

A empresa não fabrica vacinas, mas tem um acordos com a Regeneron (já analisada no Prudente) para o desenvolvimento de soluções contra a COVID-19…

UE avalia cocktail de anticorpos Regeneron/Roche contra a covid-19

… e com a Moderna:

Roche partners with Moderna to include SARS-CoV-2 antibody test in ongoing COVID-19 vaccine trials

1. Apresentação

A farmacêutica Roche Holding AG é uma multinacional com sede em Basileia, na Suíça, que actua em várias áreas terapêuticas, sendo líder em tratamentos contra o cancro.

Os seus segmentos operacionais são dois – farmacêutico e diagnóstico:

Roche e o desafio dos biossimilares 2 | Investidor Prudente

CER = Constant Exchange Rates

Na área farmacêutica, a empresa está bem diversificada…

Roche e o desafio dos biossimilares 3 | Investidor Prudente

… estando a receita da maioria dos fármacos concentrada na área oncológica:

Roche e o desafio dos biossimilares 4 | Investidor Prudente

O segmento de diagnósticos apresentou um crescimento de 14% (CER), devido às vendas de testes relacionados com a COVID-19, principalmente o teste cobas SARS-CoV-2 PCR e o teste SARS-CoV 2 Rapid Antigen, que mais do que compensou o declínio das restantes áreas de diagnóstico…

Roche e o desafio dos biossimilares 5 | Investidor Prudente

… mas a Roche continua a investir pesadamente em inovação de diagnóstico, noutras áreas para além do COVID-19:

Roche e o desafio dos biossimilares 6 | Investidor Prudente

Grande parte da receita é gerada na América do Norte. É curioso ver que a Suíça só responde por 1% da receita total:

Roche e o desafio dos biossimilares 7 | Investidor Prudente

A venda de novos produtos e o segmento de diagnósticos tem impulsionado o crescimento (mais de 50% das vendas deriva dos novos produtos, permitindo rejuvenescer o portefólio da companhia)…

Roche e o desafio dos biossimilares 8 | Investidor Prudente

… e na pipeline estão dezenas de novos produtos a serem aprovados em diferentes fases de teste nas áreas da oncologia, imunologia, neurociência, doença infeccionas, oftalmologia, entre outras:

Roche e o desafio dos biossimilares 9 | Investidor Prudente

Our pipeline of 92 new molecular entities covers a broad range of diseases, and highly innovative technologies are applied to create and produce the active molecules.

Um terço das receitas do Grupo em 2020 vem de 3 clientes – os maiores distribuidores de medicamentos americanos: a McKesson (2020: CHF 9 B; já analisada no Prudente), a AmerisourceBergen (2020: CHF 7 B; já analisada no Prudente) e a Cardinal Health (2020: CHF 5 B).

Os produtos farmacêuticos do Grupo estão protegidos por patentes, mas estas têm escopo e duração variáveis. A perda de exclusividade de mercado para um ou mais produtos – seja devido ao vencimento da patente, à concorrência dos genéricos, à concorrência dos biossimilares e aos produtos biológicos não comparáveis – pode ter um efeito adverso significativo nos negócios do Grupo, sendo a concorrência o seu principal factor de risco. Veja-se a quebra de resultados que foi provocada pelo lançamento de biossimilares nos últimos anos:

Roche e o desafio dos biossimilares 10 | Investidor Prudente

2. Principais Accionistas

A família Hofftmann é quem exerce, na prática, o controlo da Roche, detendo 45% das bearer shares que conferem direito de voto (CH0012032113)…

Roche e o desafio dos biossimilares 11 | Investidor Prudente

… sendo os restantes accionistas os detentores das acções sem direito de voto (CH0012032048)…

Roche e o desafio dos biossimilares 12 | Investidor Prudente

… e do ADR cotado nas pink sheets americanas (RHHBY):

Roche e o desafio dos biossimilares 13 | Investidor Prudente

3. Gráfico de Longo Prazo e Dividendos

A tendência do gráfico de longo prazo é ascendente. A oscilação regular da cotação quase que pede para comprar ali perto dos $250 (já veremos):

Roche e o desafio dos biossimilares 14 | Investidor Prudente

A empresa já aumenta os dividendos de forma consecutiva há 34 anos:

Roche e o desafio dos biossimilares 15 | Investidor Prudente

4. Evolução do Número de Acções e Valor de Mercado

A variação do número de acções é estável:

Roche e o desafio dos biossimilares 16 | Investidor Prudente

A Roche vale CHF 312 B em Bolsa (o equivalente em dólares a $338 B).

5. Informação Financeira

As vendas crescem 3,9% ao ano…

Roche e o desafio dos biossimilares 17 | Investidor Prudente

… mais royalties (que valem 3% da receita total). Os gastos com pesquisa e desenvolvimento são pesados…

Roche e o desafio dos biossimilares 18 | Investidor Prudente

… mas a empresa consegue manter os lucros estáveis e crescentes (excepto em 2002, quando foi multada pela fixação de preços no negócio das vitaminas, entretanto já vendido):

Roche e o desafio dos biossimilares 19 | Investidor Prudente

O endividamento da Roche é um dos mais baixos do sector…

Roche e o desafio dos biossimilares 20 | Investidor Prudente

… sendo o net debt de CHF -7 B:

Roche e o desafio dos biossimilares 21 | Investidor Prudente

6. Desenvolvimento

A quantidade de fármacos na pipeline é enorme, estando alguns deles prestes a ser aprovados…

Roche e o desafio dos biossimilares 22 | Investidor Prudente

Strong news flow over the next 1.5 years:
– Faricimab and PDS in ophthalmology, Polivy and CD20xCD3 bi-specifics in hematology, AT-527 in SARSCoV-2, gantenerumab in Alzheimer’s disease, Tecentriq in the adjuvant setting in various cancer types, tiragolumab + Tecentriq combo in 4 different cancer types, giredestrant (SERD) in HR+ breast cancer

… e as perspectivas da Roche para 2021 são de positivas…

Outlook confirmed for 2021
Despite the continued strong impact of biosimilars, sales are expected to grow in the low- to mid-single digit range, at constant exchange rates. Core earnings per share are targeted to grow broadly in line with sales, at constant exchange rates. Roche expects to increase its dividend in Swiss francs further.

… assim como a dos analistas:

Roche e o desafio dos biossimilares 23 | Investidor Prudente

Nos últimos 10 anos, os accionistas da Roche receberam uma média de CHF 7,02 por acção em forma de dividendos e buybacks

Roche e o desafio dos biossimilares 24 | Investidor Prudente

… e as médias a 5 anos estão a subir, tendo caído ligeiramente em 2020:

Roche e o desafio dos biossimilares 25 | Investidor Prudente

À cotação actual, o net payout de 7,43 CHF dá um yield de 2%. É baixo, mas eu acredito que venha a aumentar, pois o free cash flow é alto (16 CHF por acção nos últimos 12 meses) e tem servido também para pagar a dívida (que já é baixa) e realizar investimentos.

Analisando o dividend yield, verifico que o preço da acção está um pouco elevado:

Roche e o desafio dos biossimilares 26 | Investidor Prudente

7. Conclusão

Apesar do risco associado à concorrência dos biossimilares e das multas devidas à fixação de preços, a Roche tem conseguido inovar e crescer, mantendo a sua liderança no mercado, enquanto fortalece a sua estrutura financeira – é das farmacêuticas com um maior retorno sobre o capital próprio e menor endividamento. É mais uma empresa que vai entrar para o cardápio das boas empresas do Investidor Prudente.

  • Compro abaixo de CHF 225

 

Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender acções.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objectivos de cada um Subscritores do Investidor Prudente.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Investidor Prudente e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Investidor Prudente. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Investidor Prudente.

INICIAR SESSÃO