Procurar
Close this search box.
Investidor Prudente - melhores ações

Análises

Expeditors ao preço certo (sem o Fernando Mendes)

A Expeditors International of Washington (“Expeditors”) fornece um conjunto completo de serviços de logística, mas não tem aviões ou navios. Como então ganha dinheiro?

Já veremos… mas o histórico de resultados é excelente. Não é preciso chamar o Fernando Mendes para achar o preço certo da acção, basta ler esta análise.

A. O. Smith, desde 1874

A «A. O. Smith Corporation» é uma empresa centenária fabricante de caldeiras e equipamentos de aquecimento de água, bem posicionada para crescer no mercado global, líder entre as demais concorrentes do seu segmento, com um balanço imaculado, lucrativa e boa pagadora de dividendos desde 1983.

Será que actualmente está cotada a um preço justo?

Jack Henry é a alma dos bancos

A Jack Henry & Associates foi fundada em 1976 e fornece soluções centrais de processamento de informação para bancos.

É uma excelente empresa, com vantagens competitivas duradouras (mudar de infra-estrutura não é como mudar de roupa), gera bastante “free cash flow” (os “owner earnings” superam os “net earnings”) e tem pouca dívida financeira, mas como as árvores não crescem até ao céu, não gostaria de pagar mais do que $…

Colgate-Palmolive para brilhar à defesa

A Colgate-Palmolive Company é uma empresa multinacional americana que vende produtos orientados aos cuidados pessoais, à limpeza do lar e nutrição animal.

No início do século 20, um fabricante de sabonetes chamado Peet Brothers fundiu-se com a Palmolive, uma empresa que se dedicava ao fabrico de sabonetes de óleo de palma e azeite, dando origem à Palmolive-Peet. Em 1928, a Palmolive-Peet adquiriu a Colgate Company, criando assim a Colgate-Palmolive-Peet Company. Em 1953, “Peet” foi retirado do nome, deixando apenas a Colgate-Palmolive Company, o nome actual.

Como se vê na análise ao “dividend yield”, a acção é bastante defensiva.

AmerisourceBergen: logística de medicamentos

A AmerisourceBergen é uma das maiores empresas de fornecimento e distribuição de produtos farmacêuticos (saúde humana e animal). A empresa ajuda os provedores de serviços de saúde e os fabricantes de produtos farmacêuticos a melhorar o atendimento aos pacientes, com serviços que vão desde a distribuição de medicamentos e logística premium até ao reembolso e serviços de consultoria farmacêutica.

O investimento nesta empresa traz bastantes desafios, mas enquanto o dividendo continuar a ser distribuído de forma regular, vou acompanhar a acção.

Kellogg e a ameaça das “marcas brancas”

A Kellogg Company é uma empresa que se dedica, desde 1906, ao fabrico e comercialização de cereais prontos para consumo e alimentos de conveniência. Os principais produtos são salgadinhos, biscoitos, barras de cereais, petiscos, cereais prontos para comer, waffles congelados, alimentos vegetarianos e massas.

A quebra da receita e o endividamento motivaram um processo de reestruturação que impactou o preço da acção. Vamos ver se há aqui uma oportunidade de valor.

Hormel Foods – Boa & Barata?

A Hormel Foods Corporation foi fundada por George A. Hormel em 1891 em Austin, Minnesota. A companhia começou como processadora de carnes e outros produtos alimentares, e hoje continua nesse ramo de negócio. Embora a carne suína e o peru continuem sendo as principais matérias-primas dos seus produtos, a Empresa tem enfatizado a fabricação e distribuição de itens de marca em vez de produtos de carne fresca, de commodities, adquirindo e promovendo várias marcas que ocupam a 1ª e 2ª posição em mais de 40 categorias.

A acção é Boa & Barata?

A Linde dá-lhe gás

A Linde plc é uma sociedade cotada na Bolsa de Nova York com sede no Reino Unido. É a maior empresa de gás industrial do mundo; além de distribuir gases líquidos e comprimidos para entidades em vários sectores, pesquisa e desenvolve importantes inovações que impactam a indústria e o nosso dia-a-dia.

Os seus principais produtos e serviços são:

– Gases atmosféricos (oxigénio, nitrogénio, argónio e gases raros);
– Gases de processo (dióxido de carbono, hélio, hidrogénio, gases electrónicos, gases especiais e acetileno);
– Equipamentos para produção de gases industriais;
– Construção de centrais de produção e processamento de gás, como centrais de gás natural, de separação de ar, de hidrogénio, entre outros tipos de centrais, bem como serviços associados.

Que excelente pagadora de dividendos aqui temos!

Philip Morris num futuro sem fumo?

A Philip Morris International é uma holding, constituída em 1987, líder na fabricação e venda de cigarros, bem como de produtos livres de fumo, dispositivos electrónicos associados e acessórios, entre outros produtos com nicotina.

A companhia está a liderar uma transformação na indústria do tabaco, na tentativa de criar um futuro sem fumo, desenvolvendo uma nova categoria de produtos de “risco reduzido” (segundo a propaganda), embora não isenta de riscos. De acordo com a empresa, esta é uma escolha “muito melhor do que continuar a fumar”. Por isso, o seu objectivo é substituir os cigarros por produtos “smoke-free”.

Honeywell no avanço da computação quântica

A Honeywell International inventa e comercializa tecnologias que abordam alguns dos desafios mais críticos do mundo na área da energia, protecção, segurança, viagens aéreas, produtividade e urbanismo.

A empresa tem uma história centenária; a sua origem remonta a 1906.

É, sem dúvida, uma boa empresa que paga bons dividendos. Mas o preço…

Qualcomm sob pressão

A Qualcomm (Quality Communications) é uma empresa americana líder no desenvolvimento e comercialização de tecnologias fundamentais para a indústria sem fio.

As suas tecnologias e produtos são usados ​​em dispositivos móveis e noutros produtos sem fio, incluindo equipamentos de rede, equipamentos de gateway de banda larga, dispositivos electrónicos de consumo e noutros dispositivos conectados.

A companhia obtém receitas nas vendas de produtos de circuito integrado e no licenciamento da sua propriedade intelectual, incluindo patentes e outros direitos, tendo desempenhado um papel de liderança no desenvolvimento de sistemas de base para as tecnologias sem fio 3G, 4G e 5G, usadas actualmente para transmitir voz ou dados por ondas de rádio nas redes sem fio públicas e privadas.

T. Rowe Price: o “stock-picking” morreu?

Em 1937, Thomas Rowe Price decidiu criar uma organização com boa reputação, elevado carácter e com a mais sólida filosofia de investimento. E conseguiu! Mesmo atravessando a turbulência da Grande Depressão e da Segunda Guerra Mundial, a T. Rowe Price tornou-se uma empresa de gestão de activos de classe mundial, fornecendo serviços globais de gestão de investimentos (através de fundos mútuos, contas administradas separadamente, planos de seguro, consultoria, etc.), por meio de subsidiárias, a investidores em todo o mundo.

Apesar de ter subido muito nos últimos meses, a empresa continua a ser fundamentalmente atractiva… mas, “allegro ma non troppo”.

mockup-ebook-guia-fiscal

GRATUITO

O Guia Essencial para o seu IRS

INICIAR SESSÃO