Procurar
Close this search box.
Investidor Prudente - melhores ações

Análises

Tencent Holdings, a maior chinesa tecnológica

A Tencent é a maior empresa cotada chinesa. Olhando para apenas a componente financeira (confinando na contabilidade chinesa), a Tencent e a Alibaba seriam duas excelentes candidatas a qualquer carteira de investimentos, mas nesta análise irei ponderar os riscos e o valor da acção.

Smith & Nephew, a pagar dividendos desde 1937

Qualquer empresa centenária merece entrar no radar do Investidor Prudente. A Smith & Nephew existe há 165 anos e paga dividendos consecutivos desde 1937. Nas últimas décadas, a companhia tem apresentado alguma estabilidade nos resultados e capacidade de liderança em cada um dos 3 segmentos, mas perdeu fundamentos. As perspectivas dos próximos anos são positivas.

Campbell Soup, trapaceira?

A Campbell Soup já está a operar no mercado desde 1869, mas nos últimos anos as más notícias têm afectado a sua reputação. Normalmente, isto seria motivo para desconsiderar o investimento na acção, mas o plano de reestruturação está a ser bem executado. Vejamos…

Best Buy, a sobrevivente!

O retorno sobre o capital da Best Buy (a retalhista de produtos electrónicos) é recorrentemente alto – um indício de vantagem competitiva. Apesar disso, não é uma vantagem competitiva considerada “duradoura”, pois a competição neste mercado é intensa. Como nos ensina Bruce Greenwald, nestas empresas devemos considerar apenas os activos e a capacidade de lucro actual, descartando o crescimento (o modelo dos fluxos de caixa descontados não é pau para toda a obra).

Canadian National Railway e o Bill Gates

A Canadian National Railway (CN) tem mais de um século de actividade. É a maior companhia ferroviária do Canadá, com redes que se estendem até aos Estados Unidos da América. É uma daquelas empresas que dificilmente se apanha com um grande desconto. Nestas companhias, a análise do “dividend yield” dá uma boa referência da melhor oportunidade de compra.

O’Reilly Auto… com yields de 6%

A O’Reilly Automotive é uma das maiores retalhistas especializadas em peças, ferramentas, consumíveis, equipamentos e acessórios para automóveis dos Estados Unidos. Acredito que seja uma das melhores. Além disso, está com um “buyback yield (ttm)” de quase 6%.

Celanese – 100 anos na indústria química

A empresa química Celanese está quase a fazer 100 anos. Tem tido excelentes resultados e remunerado adequadamente os accionistas. Parece-me que os “replacement costs” são mais altos do que os registados na contabilidade, levando-me a crer que há muito valor escondido no balanço da empresa.

Quest Diagnostics na liderança dos testes de saúde

Há duas grandes empresas americanas de informação e testes de diagnóstico. A Quest Diagnostics é uma delas. E, mesmo considerando o efeito positivo da Covid-19 na sua actividade, além das perspectivas de crescimento, a acção não está a preços exagerados. Façamos o difícil exercício de encontrar o valor intrínseco da empresa.

Global Payments, a escalar o sector de pagamentos

A Global Payments encontra-se no sector das infra-estruturas de pagamentos electrónicos.
Com resultados a crescer 15% ao ano, dividendos e buybacks consecutivos, entre várias aquisições e parcerias, a empresa ambiciona escalar o mercado global de pagamentos.

C. H. Robinson, um dos melhores “brokers” de cargas

A C. H. Robinson Worldwide é uma empresa que actua no sector do transporte de carga e logística há mais de um século. O actual CEO, Bob Biesterfeld, acredita que “a equipa da Robinson tem os especialistas em cadeia de fornecimento mais capazes do mundo” (Hello, Uber Freight!). Esta acção vai certamente ficar sob o nosso radar. Analisemos o negócio e o valor das acções.

Kimberly-Clark, há 150 anos a limpar com papel

Se eu tivesse de escolher uma acção para manter para sempre, a Kimberly-Clark seria uma das candidatas. A empresa existe há quase 150 anos, foi incorporada em 1928 (bela data), paga dividendos crescentes há quase 50 anos e vende produtos essenciais.

Mas tudo tem o seu preço. Vejamos se está na hora de entrar…

3M – a rainha dos dividendos

A 3M é uma dividend king. Para atingir este estatuto é necessário ser uma excelente empresa e ter resiliência nos bons e maus momentos do mercado.

É possível obter rentabilidades médias de 10-15% ao ano nesta acção, desde de que o preço de compra seja adequado e o preço de venda oportunista.

O aumento de custos da matéria-prima dos últimos meses fez cair a cotação +11%. Vejamos se temos aqui uma oportunidade de investimento.

mockup-ebook-guia-fiscal

GRATUITO

O Guia Essencial para o seu IRS

INICIAR SESSÃO