Novo Nordisk e o “novo” receituário

Bom dia, caros investidores.

Como já indiquei várias vezes, o propósito do Investidor Prudente é analisar TODAS as large caps cotadas nas principais Bolsas, acessíveis à generalidade dos portugueses. São várias centenas! Nos próximos tempos, vou dedicar mais tempo às large caps do fundo da lista, que têm capitalizações bolsistas menores e valorizações mais “justas”, pois as principais blue chips estão muito caras (e a puxar os índices e os ETFs para novos máximos). Mas não as vou ignorar, pois tenho de estar preparado para qualquer correcção nos preços. Entre as gigantes, há aqui uma que me faltava – a Novo Nordisk…

… a 37º maior empresa cotada do mundo, que tem o melhor return-on-asset do sector das biotech:

During the past 13 years, Novo Nordisk A/S’s highest ROA % was 41.29%. The lowest was 27.12%. And the median was 36.09%.

Curiosamente, recebi ontem um e-mail de um subscritor que é médico a indicar que se está a verificar uma procura por dois fármacos da Novo Nordisk para o tratamento da obesidade – Victoza e Ozempic. Pelos vistos, as pessoas estão a tomar esses medicamentos contra a diabetes para emagrecer (compram os medicamentos da diabetes porque têm maior comparticipação, e adaptam a dose à obesidade).

Novo remédio de diabetes é usado para emagrecer; médicos apontam riscos

Apesar dos riscos, há médicos a usar esta terapêutica com elevado sucesso (cerca de 15% redução do IMC documentado). Será que esta realidade terá impacto no crescimento da Novo Nordisk? Já veremos.

1. Apresentação

A Novo Nordisk é uma multinacional biotecnológica fundada em 1923 especializada no tratamento da diabetes e da obesidade. A empresa tem um dos mais amplos portefólios do sector de produtos para diabetes, incluindo insulina de nova geração, bem como um portefólio de agonistas dos receptores do glucagon-like peptide-1 (GLP-1). Além disso, é também líder na terapia de hemofilia e em desenvolvimento de hormonas do crescimento.

A empresa tem sede na Dinamarca, e emprega aproximadamente 45.000 funcionários em 80 países, comercializando os seus produtos em aproximadamente 170 países:

Os segmentos operacionais são dois:

  • Diabetes and Obesity care (86% da receita total)
  • Biopharm (14% da receita total)

Há aqui alguns produtos relevantes cuja patente expirou ou vai expirar…

… como o Victoza e o Saxenda, que expiram em 2022 e 2023:

Como dizia o nosso subscritor médico, o Ozempic está de facto a crescer bastante (+53%), sendo actualmente o fármaco mais representativo (22% da receita total). O segmento obesity care é também o que mais cresce (+41%):

Há outros que estão prestes a ser aprovados, mas eu desconheço o potencial de mercado de cada um:

Nos últimos anos, tem havido uma pressão sobre o preço dos produtos para a diabetes da Novo Nordisk e dos concorrentes, mas a empresa manteve uma posição de liderança no mercado. Além da pressão sobre os preços, a competição intensificou-se, com várias das principais empresas farmacêuticas internacionais a entrar no mercado do tratamento da diabetes, pois o número de pessoas com diabetes continua a crescer. Relativamente ao mercado global de insulina, a Novo Nordisk, a Eli Lilly e a Sanofi são as empresas mais importantes.

A acção da Novo Nordisk está cotada na Bolsa de Copenhaga…

Stock Exchange Copenhagen
Stock name DK0060534915 (ISIN)

… e na NYSE (à qual me vou referir, por ser mais acessível):

Stock Exchange New York (ADR administrado pelo J.P. Morgan – Depositário)
Stock name NVO

2. Principais Accionistas

A empresa tem um forte controlador – a Novo Nordisk Foundation

The purpose of Novo Holdings A/S in relation to Novo Nordisk A/S is to administer its portfolio of securities and minority capital interests and to administer and vote on the A shares and B shares in Novo Nordisk A/S, thereby creating a satisfactory financial return for its sole shareholder, the Novo Nordisk Foundation (the ‘Foundation’).

… que detém todas as acções class A e algumas class B:

A shares held by Novo Holdings A/S cannot be sold or be subject to any disposition so long as the Foundation exists. The dissolution of the Foundation or any change in its objectives requires a unanimous vote of the Foundation’s Board of Directors. Other changes in the Foundation’s statutes require approval of two-thirds of the Foundation’s Board members and approval by the Danish foundation authorities.

A Fundação, através da Novo Holdings A/S, é a maior proprietária de acções class B:

No ADR (que é pouco expressivo) aparece ali a Renaissance do James Simons:

3. Gráfico de Longo Prazo e Dividendos

O crescimento da acção é expressivo…

… e paga dividendos de forma recorrente:

4. Evolução do Número de Acções e Valor de Mercado

Com o número de acções a diminuir e a capitalização bolsista a aumentar (superando os $260 B)…

… a acção disparou.

Foram recompradas acções no valor de DKK 12,2 B (USD $1,9 B)…

As of 1 November 2021, Novo Nordisk A/S has repurchased a total of 23,826,181 B shares equal to a transaction value of DKK 12.186 billion under the overall 2021 share repurchase programme beginning 3 February 2021.

… o que dá um buyback yield de apenas 0,7%.

5. Informação Financeira

A receita está no máximo histórico…

… assim como o lucro, que cresceu mais do que a receita…

… devido à melhoria das margens operacionais…

… com 12% da receita utilizada em pesquisa e desenvolvimento, e 25% em custos administrativos.

A posição em caixa é muito forte, superando o montante total de dívida financeira:

6. Desenvolvimento

A empresa tem uma estratégia operacional planeada até 2025, cobrindo as áreas da sustentabilidade ambiental, inovação terapêutica (principalmente na área dos diabetes e obesidade), comercial e financeira:

Strategic aspirations for 2025

No último relatório, a perspectiva de crescimento da receita aumentou de 10%-13% para 12%-15%…

… mas a coroa dinamarquesa tem vindo a impactar os resultados em dólares americanos:

Ainda assim, os analistas estão optimistas, prevendo um crescimento da receita em USD de 5,86%:

O retorno dado aos accionistas em forma de dividendos e buybacks tem vindo a aumentar de forma constante, estando o net payout por acção actual ($2,73) com um yield baixo de 2,38%:

Isto pode indicar que a acção está cara. Vejamos a análise do dividend yield:

Está cara!

7. Conclusão

O fenómeno dos medicamentos contra a diabetes utilizados no tratamento da obesidade está de facto a impactar positivamente as contas das empresas, mas há também factores negativos, como a expiração das patentes de vários fármacos relevantes. A meu ver, o principal factor positivo desta empresa não é esse – é a estrutura corporativa e o histórico de resultados. Esta é uma daquelas empresas que está quase sempre muito cara, pois o seu principal controlador, a Fundação Novo Nordisk, não vende as suas acções, nem abdica do controlo. Por outro lado, ter um forte controlador dá muita segurança aos investidores minoritários. Em 2017, houve uma oportunidade de ouro para investir, quando a acção caiu até aos $31, oferecendo um net payout yield de quase 7%. O mais provável é a companhia ir recomprando acções até que estas desapareçam do mercado. É uma excelente empresa para se manter no longo prazo, mas o preço actual está elevado em relação ao retorno oferecido aos accionistas. Considerando o net payout actual de $2,73 por acção…

  • Compro abaixo ou próximo de $47 (que oferece um net payout yield de 5,8%)
  • Vendo acima de $93 (se desejar trocar a acção por outra mais barata de boa qualidade)

Vai ser difícil, mas espero que haja outra oportunidade de ouro como a de 2017 (pode ser que os matemáticos da Renaissance Technologies vendam as suas acções).

Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender acções.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objectivos de cada um Subscritores do Investidor Prudente.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Investidor Prudente e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Investidor Prudente. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Investidor Prudente.

Manual_Investidor_Prudente_Accoes_Mockup_livro_tlm_tablet

e-Book Grátis

Quer saber como proteger e fazer crescer as suas poupanças?

Iniciar Sessão
Não tem conta?

Se ainda não tem conta de subscritor utilize esta opção para aceder ao formulário de registo.

Registe-se gratuitamente e aceda a conteúdo exclusivo.

Manual do Investidor Prudente
download ebook grátis

O Manual do Investidor Prudente

Quer saber como proteger e fazer crescer as suas poupanças?