Procurar
Close this search box.
Investidor Prudente - melhores ações

AXA: a segunda maior seguradora europeia

Bom dia, caro investidor.

A AXA é a 11ª maior seguradora do mundo e a 2ª maior da Europa (a 1ª é a Allianz). A empresa faz parte desta lista de empresas que pagam dividendos consecutivos há, pelo menos, 20 anos consecutivos:

Download: ficheiro de excel com as empresas americanas e europeias (non-uk) que pagam dividendos há pelo menos 20 anos. Há quase 350 empresas com um valor de mercado superior a $10 B que pagam dividendos há pelo menos 20 anos consecutivos (algumas aumentaram o dividendo, outras diminuíram-no; a maioria já foi analisada no Prudente)

1. Apresentação

A AXA (EPA: CS; ) é uma companhia de seguros francesa sediada em Paris, mas o Grupo tem uma actividade com presença internacional.

A empresa foi fundada em 1816 com o nome de Mutuelle de L’assurance contre L’incendie. Em 1978, adquiriu a Compagnie Parisienne de Garantie em 1978 e tornou-se Mutuelles Unies.

Apesar de ser escrito em letras maiúsculas, “AXA” não é um acrónimo. O nome foi escolhido por ser facilmente pronunciado em qualquer idioma. Depois de adquirir o Drouot Group em 1982, o presidente e CEO da empresa, Claude Bébéar, contratou um consultor externo para realizar uma pesquisa auxiliada por computador com a finalidade de escolher um novo nome para a companhia. Bébéar queria um nome curto e ágil para transmitir vitalidade, e que pudesse ser pronunciado da mesma forma em todos os idiomas.

Hoje, a AXA está presente em 51 países, emprega 145 mil pessoas e serve a 93 milhões de clientes individuais e empresariais. A companhia opera em cinco hubs (França, Europa, Ásia, AXA XL e Internacional)…

Análise às acções da seguradora AXA

… e oferece uma ampla gama de produtos e expertise em Property & Casualty (seguro automóvel, seguro para a casa e seguros de responsabilidade civil pessoal e profissional), Life & Savings (apólices de seguro de vida que abrangem produtos de poupança e reforma, por um lado, e outros produtos de saúde e de protecção individual) e Health e Asset Management (investimento e gestão de activos para as seguradoras do Grupo e para os seus clientes, bem como para terceiros, clientes institucionais e clientes de retalho):

Análise às acções da seguradora AXA

Com cerca de €845 B sob gestão e presença em 19 países, a AXA é uma das principais gestoras de activos do mundo. A entidade investe tanto em activos tradicionais (acções, obrigações e fundos), quanto em activos alternativos (imóveis, infra-estruturas, crédito alternativo, private equity e hedge funds). Para diversificar ainda mais as suas carteiras, a empresa criou em 2022 uma entidade focada em fundos de private equity e uma plataforma de fundos negociados em bolsa (ETFs). Infelizmente, não encontrei no relatório e contas de 2022 e noutros documentos informações acerca da distribuição do capital por activos.

O seu índice combinado (combined ratio) – que, nas seguradoras, representa a diferença entre os sinistros e despesas pagas e os prémios cobrados – não é mau…

Um combined ratio abaixo de 100 significa underwriting profit (lucro) e acima de 100 significa underwriting loss (prejuízo).

Análise às acções da seguradora AXA - combined ratio

… mas não é tão bom como o da Chubb, por exemplo, que apresenta um dos melhores rácios do sector:

A Chubb tem um excelente índice combinado 10 | Investidor Prudente

2. Principais Accionistas

A maior accionista é a Mutuelles AXA, uma entidade que inclui duas companhias francesas de seguros mútuos, que detém mais de 15% das acções e mais de 25% dos direitos de voto:

The Mutuelles AXA have stated their intention to collectively vote their shares in AXA and may have interests conflicting with other shareholders’ interests. For example, even though the Mutuelles AXA do not hold a majority of the total voting rights in AXA, efforts by the Mutuelles AXA to decline or deter a future offer to acquire control of AXA, which other shareholders may find attractive, may prevent other shareholders from realizing a premium for their AXA ordinary shares. The Mutuelles AXA may decide to increase their ownership interest in AXA or to sell all or a portion of the ordinary shares they own at some future date.

Análise às acções da seguradora AXA - accionistas

3. Gráfico de Longo Prazo e Dividendos

A acção tem lateralizado, nos últimos 20 anos…

Análise às acções da seguradora AXA - cotações

… mas ajustando o gráfico aos dividendos distribuídos…

Em 2023, no dia 10 de Maio, será pago um dividendo por acção de €1,70.

Análise às acções da seguradora AXA - dividendos

… a tendência muda de figura:

Análise às acções da seguradora AXA - cotações

4. Evolução do Número de Acções e Valor de Mercado

Até 2014, a empresa diluiu a participação dos accionistas através da emissão de novas acções, mas após esse ano recomprou acções próprias com mais consistência:

Análise às acções da seguradora AXA - valor de mercado e número de acções

A AXA vale €66 B em bolsa (ou $71 B USD).

5. Informação Financeira

Procurei saber (sem sucesso) a tendência do número de clientes dos últimos anos (que já foi maior do que agora), mas a tendência da receita revela um cenário negativo:

Análise às acções da seguradora AXA - vendas

O lucro líquido apresenta muitos altos e baixos…

Análise às acções da seguradora AXA - lucro líquido

… mas os valores de 2021 e 2022 foram os maiores de sempre:

Análise às acções da seguradora AXA - lucro

O retorno sobre o capital próprio é muito baixo. Basta ver a mediana dos últimos 5 anos…

ROE (5y): 6%

… dos últimos 13 anos…

During the past 13 years, AXA’s highest ROE % was 11.84%. The lowest was 3.24%. And the median was 8.41%.

… ou até dos últimos 25 anos:

Análise às acções da seguradora AXA - ROE%

Se mantiver este desempenho ao longo das próximas décadas, a acção não conseguirá proporcionar resultados excepcionais em bolsa.

O rácio de solvabilidade actual (215%) está acima do mínimo exigido (140%)…

AXA’s policy is to maintain its Group Solvency II ratio above its risk appetite limit level of 140%.

Análise às acções da seguradora AXA - solvency II ratio

… e a avaliação das agências de rating é positiva (stable):

Análise às acções da seguradora AXA - ratings

6. Desenvolvimento

A AXA apresentou excelente desempenho operacional em 2022. Este refletiu a força do seu modelo de negócio, que se tem mostrado resiliente num cenário macroeconómico e geopolítico desafiador. O Grupo continua focado na execução da sua estratégia de crescimento (Driving Progress 2023)…

Driving Progress 2023 – AXA’s strategic plan for 2021-2023

… com ênfase no crescimento da geração de caixa e nos potenciais desafios de curto prazo, incluindo pressões inflacionárias, volatilidade do mercado e riscos de desaceleração de mercado.

A administração também acredita que o Grupo está bem posicionado para entregar um crescimento lucrativo no futuro, tal como os analistas, que prevêem a manutenção do crescimento do dividendo até 2025:

Análise às acções da seguradora AXA - perspectivas dos analistas

A remuneração mediana que os accionistas receberam em forma de dividendos e buybacks corresponde a €1,40 por acção (um yield de 4,8%):

Análise às acções da seguradora AXA - net payout yield

7. Conclusão

Considerando as perspectivas de crescimento e os baixos retornos sobre o capital próprio, eu esperaria um yield maior e uma cotação mais próxima à linha verde deste gráfico:

Análise às acções da seguradora AXA - dividend yield

Ainda assim, mesmo que as cotações caiam e o yield suba, não sei se o investimento nas acções da AXA poderá trazer resultados excepcionais a longo prazo. Warren Buffett, especialista em seguradoras, exige retornos mínimos sobre o capital próprio (ajustado) de 10%, em termos médios. Preferencialmente, ele procura ROE’s superiores a 20-25%.

Sem grandes perspectivas de crescimento e com baixos retornos sobre o capital, não vejo motivos para manter a AXA na Lista Completa de Acções do Prudente, apesar da empresa ser grande, segura e distribuir dividendos há mais de 20 anos.

 

Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico.

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender acções.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objectivos de cada um Subscritores do Investidor Prudente.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Investidor Prudente e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Investidor Prudente. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Investidor Prudente.

4 Responses

  1. Boa tarde Helder,
    não sei se será intencional mas esta análise está disponível ao público em geral.
    Cumprimentos

  2. Helder

    Alguma razao especial para nao fazeres analises a empresas asiaticas nomeadamente chinesas?

    Nao tenho interesse mas so por curiosidade ate porque a berkshire investe na china e japao

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

INICIAR SESSÃO

download ebook grátis

O guia para a independência financeira através de ações

102 páginas para aprofundar o seu conhecimento em ações e investir melhor.