A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse 

Bom dia, caros investidores.

No ano passado analisei a O’Reilly, uma fantástica rede de lojas de peças para automóveis…

O’Reilly Auto… com yields de 6%

… mas deixei para trás a AutoZone, a sua grande adversária.

1. Apresentação

A AutoZone (NYSE: AZO) é uma das maiores retalhistas e distribuidoras de peças de reposição e acessórios para automóveis das Américas. A empresa iniciou as suas operações em 1979, e agora detém 6.115 lojas nos Estados Unidos, 673 lojas no México e 58 lojas no Brasil:

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  1 | Investidor Prudente

Cada loja possui uma extensa linha de produtos para automóveis, carrinhas e camiões, tais como peças novas e remanufacturadas, produtos de manutenção, acessórios, entre outros. Também oferece crédito e entrega imediata de peças e outros produtos para oficinas locais, regionais e nacionais, revendedores, postos de serviço e para o sector público. Através da marca ALLDATA, a empresa vende software de diagnóstico, reparação e gestão de loja. Ao contrário de outras lojas, a AutoZone não obtém receita pelos serviços de reparação ou instalação.

Todas as lojas têm o Z-net, um catálogo electrónico proprietário que permite aos colaboradores (AutoZoners) procurar com eficiência as peças que os clientes precisam, de acordo com o ano, marca, modelo e tipo de motor do veículo. Os AutoZoners também fornecem diagnósticos gratuitos e serviços relacionados, incluindo verificação das leituras da luz do motor por meio do AutoZone Fix Finder, testes aos motores de arranque, alternadores e baterias, carregamento de baterias e colecta de óleo usado para reciclagem.

Os segmentos operacionais da Companhia – Domestic, Mexico e Brazil – estão agregados num só segmento: Auto Parts Stores.

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  2 | Investidor Prudente

A categoria Other inclui a ALLDATA, que produz, vende e mantém software de reparação e diagnóstico, e as vendas directas a clientes por meio do site www.autozone.com .

2. Principais Accionistas

Mais de 85% dos investidores são institucionais:

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  3 | Investidor Prudente

3. Gráfico de Longo Prazo e Dividendos

A acção apresenta uma tendência fortemente ascendente (nem se vê a crise de 2008)…

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  4 | Investidor Prudente

… mas nunca distribuiu dividendos.

4. Evolução do Número de Acções e Valor de Mercado

Os accionistas são remunerados exclusivamente pelos buybacks, que reduzem consistentemente o número de acções em circulação. Nos últimos 15 anos, o número de acções caiu mais de 70%:

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  5 | Investidor Prudente

5. Informação Financeira

A receita cresce 8% ao ano…

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  6 | Investidor Prudente

… e o lucro líquido cresce 11%…

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  7 | Investidor Prudente

… graças à melhoria das margens de lucro:

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  8 | Investidor Prudente

O valor cada vez mais negativo do capital próprio da empresa…

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  9 | Investidor Prudente

… não significa “falência técnica”. Isto é o resultado das recompras de acções próprias que implicam, contabilisticamente, a redução do capital. O retorno sobre o activo total é bastante elevado…

During the past 13 years, AutoZone’s highest ROA % was 16.88%. The lowest was 14.25%. And the median was 14.88%.

… semelhante ao de uma empresa de software. A AutoZone não precisa de muito capital para ser bastante lucrativa.

O endividamento mantém-se estável, mesmo depois da inclusão das rendas na rubrica da dívida após 2020:

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  10 | Investidor Prudente

6. Desenvolvimento

As vendas do último trimestre superaram as expectativas. Com receio da inflação, a empresa aumentou os stocks em 13,9% face ao mesmo período do ano passado, e a construção de novos megahubs, hubs e lojas continuaram a ser executados. Durante o trimestre, a AutoZone abriu 24 novas lojas nos EUA, 4 lojas no México e 3 lojas no Brasil, tendência que deverá continuar a verificar-se nos próximos tempos.

Por isso, os analistas têm motivos para estar optimistas:

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  11 | Investidor Prudente

A média de lucro dos últimos anos deverá crescer, e cobre bem a remuneração que os accionistas recebem em forma de dividendos e buybacks no valor de $66,75 por acção…

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  12 | Investidor Prudente

… proporcionando um yield de 3,4%:

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  13 | Investidor Prudente

7. Conclusão

As pessoas necessitam sempre de um meio de transporte, e precisam dele sempre a funcionar, quer recorram ou não a um mecânico. Por isso, a empresa deverá sair-se bem durante a próxima recessão (como em 2008). E se houver muitos carros com mais de 7 anos a circular nas estradas (período no qual as garantias começam a expirar), melhor ainda.

Os resultados e a qualidade operacional da AutoZone são verdadeiramente impressionantes. A empresa soube captar bem o mercado DIY (a do-it-yourself) e DIFM (do-it-for-me), proporcionando aos clientes serviços básicos gratuitos, como, por exemplo, a mudança de uma lâmpada. E como os colaboradores que atendem os clientes são treinados para responder a questões complexas de mecânica, a concorrência por parte de outras empresas (como a Amazon) não é fácil. Além disso, a cadeia de fornecimento montada pela própria empresa é extremamente eficiente e difícil de replicar.

Mas há riscos, como a concorrência por parte de outras cadeias de lojas do mesmo género (como a O’Reilly), a mudança de paradigma dos carros eléctricos (que exigem menos peças) e as ameaças do mercado online (a Amazon ainda não entrou com força nesse segmento).

A empresa não paga dividendos, mas é como se pagasse, pois recompra acções próprias de forma consistente há mais de 20 anos:

A AutoZone não paga dividendos, mas é como se pagasse  14 | Investidor Prudente

Quanto ao preço, não pagaria mais do que $1.113 por uma acção da AutoZone, um valor que corresponde a um yield de 6%.

 

Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico

Disclaimer

Esta publicação é para efeitos meramente informativos e educacionais e não deverá ser entendida como uma recomendação para comprar ou vender acções.

Se entender esta publicação como uma recomendação, tenha em conta que ela é generalista e poderá não ser adequada ao seu perfil de risco, que é único. A sua situação financeira individual não foi tida em consideração pelo Autor da análise, que desconhece o perfil de risco e objectivos de cada um Subscritores do Investidor Prudente.

Se necessitar de conselhos financeiros personalizados, procure sempre os serviços de um profissional devidamente credenciado e autorizado pela CMVM.

O Investidor Prudente e a sua Equipa não assumem qualquer responsabilidade por eventuais perdas ou ganhos resultantes da informação obtida nesta publicação.

Esta publicação é propriedade intelectual de BBTOP20 – Produção de Conteúdos, Lda e destinada apenas aos Subscritores do site Investidor Prudente. As informações e opiniões contidas nesta publicação são confidenciais. É proibida a sua transmissão ou difusão, em todo ou em parte, sem autorização expressa.

Consulte o Disclaimer completo do Investidor Prudente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este website é protegido pelo reCAPTCHA e a Política de Privacidade e os Termos de Serviço do Google são aplicados.

ebook-guia-fiscal-do-investidor-em-acoes-2022

e-Book Grátis

Guia Fiscal do Investidor em Ações

Iniciar Sessão
Não tem conta?

Se ainda não tem conta de subscritor utilize esta opção para aceder ao formulário de registo.

Registe-se gratuitamente e aceda a conteúdo exclusivo.

ebook-guia-fiscal-do-investidor-em-acoes-2022
download ebook grátis

Guia Fiscal do Investidor em Ações

Preencha o seu IRS de forma simples e rápida com a ajuda deste ebook.